terça-feira, 1 de dezembro de 2009

mais um pouco de nada sobre mim agora

Os últimos tempos têm sido loucos, que amálgama de sentimentos! Parece que voltei aos 13 anos quando tudo o que vemos, sentimos e fazemos é desordenado e, sobretudo, intenso! Passar da dor profunda que senti, ainda sinto e continuarei a sentir até voltar a me convencer que a vida vale à pena para a alegria de outro tipo de sentimentos, ao orgulho do que tenho feito, o empenho que tenho em realizar uma coisa só minha e pra mim.
Há uma enorme vontade em mim de conhecer e conviver com pessoas novas e de aprofundar as boas amizades antigas. E a vida, então, vai se revelando em uma peleta de cores e mostrando o quão bela e cruel sabe ser, refletindo raios de luz por entre a escuridão das pequenas tragédias que se abatem sobre nós.
Dou por mim a questionar sempre sobre o que realmente somos. Poeiras despreocupadas que voam ao sabor do livre arbítrio de uma entidade superior qualquer. Ou, ainda mais assustador, que tudo se deve à ocasionalidade, às leis da probabilidade. As mesmas que se aplicam quando lançamos um dado ou uma moeda ao ar são as mesmas que intervém na nossa vida.
Mas do que essa merda toda interessa afinal? Daqui por 100 anos seremos pouco mais que pó biodegradável, conseguindo assim servir mais o ambiente mortos do que vivos...
É muito confuso, eu sei. Mas é assim mesmo que me sinto.

4 comentários:

Frank disse...

Sei lá como vim parar aqui, mas o post retrata bem o que sinto. Qual o sentido dessa coisa toda? Porque devo acordar todos os dias, trabalhar, voltar pra casa, ver os familiares/amigos, fazer alguma coisa aleatória, dormir pra começar tudo de novo no dia seguinte? Ninguém nunca conseguiu responder a essa pergunta de forma satisfatória. Será que supostamente era pra tudo ficar melhor dia após dia?

Roberto Borati disse...

mesmo assim mergulhe, nem que seja em um grande lixão.

kae disse...

Lembrei de você hoje. Lembrei que tinha medo de você, achava que fosse chata pra caralho mas gostei muito de conversar contigo e dei muitas boas risadas (Goku super saia jeans?? WTF!). Pena que nunca mais te vi... Espero que esteja tudo bem contigo. Um abraço sincero! :D

Arquiteto disse...

Toma maracugina, arranja um amigo-piroca, compra uma cg-125 de pedreiro e vai no show do ac~dc.